AS COMPANHIAS DE SANTOS REIS E SUAS PEREGRINAÇÕES PELO MUNICÍPIO DE PIRENÓPOLIS, GOIÁS

Tereza Caroline Lôbo, Aline Santana Lôbo

Resumo


Com ramificações por toda Europa durante a Idade Média, a folia de Reis é uma herança cultural que ao transformar e desdobrar se fez presente em várias regiões do Brasil. Trata-se de uma prática do catolicismo popular que adquiriu especificidades e singularidades em cada localidade. Em Pirenópolis, esta manifestação cultural é representativa da vida social, não sendo possível precisar o início dos giros pelo município surgido da mineração do ouro. Contudo, a persistência dessa tradição sobre o tempo é resultante dos ensinamentos passados de geração para geração, da influência das migrações e do entendimento daqueles que lideram a peregrinação. O presente trabalho parte da fenomenologia percebendo as Folias como um fenômeno passível de descrição, compreensão e interpretação, apesar de sua subjetividade e das dificuldades da apreensão de uma manifestação que adquire sentidos e significados diversos para quem o vivencia. Os apontamentos aqui apresentados foram colhidos por meio de observações realizadas nas folias de Reis do município de Pirenópolis desde 2013.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.